sexta-feira, 24 de março de 2017

Solha grelhada

Há uma série de pratos e ingredientes que me habituei desde pequena a comê-los (e odiá-los na maioria das vezes) de uma determinada forma.

O atum fresco era sempre de cebolada (e seco!!!), as ovas eram cozidas (quentes, aguadas, sem sabor e demasiado regadas em azeite para o meu gosto), o salmão e a pescada era sempre cozidos (demais), o abacate sempre em formato de sobremesa, triturado com açúcar e Porto ou Moscatel (isto eu a.d.o.r.a.v.a), os espargos eram de conserva e sempre usados em omeletes (meh...) e a solha sempre passada por farinha e depois frita (e oleosa).

Só depois de eu começar a cozinhar, ler muitaaas revistas de receitas e assistir a alguns (bastantes, vá!) programas de culinária é que lhes voltei a dar uma segunda oportunidade.

Hoje foi o caso da solha: estava em promoção e com óptimo aspecto (super fresquinha e com bónus de ovas). Decidi então trazê-la pela primeira vez para a minha cozinha.

Dei-lhe a oportunidade de "brilhar": temperei com sal e sumo de limão e depois de algumas horas a marinar grelhei simplesmente.
Servi com molho de manteiga e limão, com batatinhas assadas, ovo e espargos cozidos a vapor.

Escusado será dizer que ficou deliciosoooooo!!!







quarta-feira, 22 de março de 2017

Tapioca

Tapioca com queijo derretido e chia.
.
Há tempos comprei uma embalagem de 1 Kg de tapioca hidratada. Como gosto de variar nos lanches e a tapioca ao fim de algum tempo no frigorífico acaba por se estragar, decidi arriscar e congelei-a.
.
Congelei em doses individuais (80/90g aprox.) e já peneiradas. Depois é só tirar do congelador uma meia hora antes e colocar directamente na frigideira, nem é necessário voltar a peneirar. Ajeito e calco ligeiramente com o garfo. 
 
 

sexta-feira, 17 de março de 2017

Creme de ervilhas e hortelã - Bimby Tm5

Ingredientes :

1/2 cebola (50g)
50g de alho francês cortado em rodelas
150g de courgette cortada em pedaços
2 pés de hortelã
sal
600g de água
500g de ervilhas

Modo de preparação:

- Colocar a cebola, o alho francês, a courgette, a hortelã e sal a gosto no copo. Programar 10min. /100ºc/vel.1
- Juntar a água e programar 20 min./100ºc/vel.1.
- Programar 2 minutos e aumentar a velocidade progressivamente vel 5. - vel. 6 - vel.7



De hoje...


De hoje:
- reposição do sal rosa dos himalaias (podia falar sobre as vantagens de usar este tipo de sal mas a verdade é que só o uso porque .... é rosa! xD )
- geleia de arroz para testar , o açúcar branco refinado acabou há 3 meses e não voltei a comprar. Agora vou testando estas variantes ;)
-couve-flor verde e roxa , porque sim! Porque adoro as cores delas!


quarta-feira, 15 de março de 2017

Pudim de tapioca


Ingredientes:

250g de tapioca granulada (usei tapioca granulada fina da Yoki)
50g de coco ralado
4 c.sopa cheias de açúcar de coco (podem usar outro adoçante)
450ml de leite de coco
250ml de leite vegetal (usei bebida de arroz)

Modo de preparação:

- Colocar todos os ingredientes numa taça e envolver bem.
- Deixar repousar cerca de 20 minutos. 
- Passar uma forma por água fria.
- Deitar a mistura na forma e levar ao frigorífico até ficar sólido (cerca de 3 horas).
- Desenformar.


Caso prefiram um pudim mais molhado podem acrescentar mais leite de coco ou leite vegetal.




terça-feira, 14 de março de 2017

Nachos de grão - Bimby Tm5

No Domingo passado fiz chilli e guacamole para o almoço. Foi a "desculpa" perfeita para testar uma receita de nachos de grão que já tinha guardada há algum tempo. Claro que seguir receitas não é o meu forte e acabei por fazer algumas alterações.






* Receita adaptada da Revista Bimby , Novembro 2016. *

Ingredientes:



250g de grão de bico seco
1 c.chá bem cheia de flor de sal
1 c.chá de paprika fumada
1 pitada de pimenta
1 c.chá de cominhos em pó
60g de óleo de coco
90g de água
Oregãos e flor de sal para polvilhar


Modo de preparação:

- Pulverizar o grão 1min./vel.10
- Juntar o sal, as especiarias, o óleo e água. Misturar 1 min. /vel. espiga
- Tirar a massa do copo,formar uma bola e deixar repousar uns 15 minutos.
- Esticar bem a massa, entre duas folhas de papel vegetal, até ficar com 2mm de espessura.
- Com um cortador de pizza ou uma faca cortar em triângulos.
- Levar ao forno pré-aquecido a180ºc, cerca de 15 a 20 minutos.
- Polvilhar com flor de sal e oregãos a gosto.


O Chilli fiz no fogão enquanto os nachos estavam no forno.

Refoguei 1/2 cebola e 2 dentes de alho em azeite. Adicionei um lata pequena de tomate pelado em pedaços, meia embalagem de cogumelos frescos laminados e cerca de 400g de carne picada. Quando a carne começou a dourar , temperei com flor de sal, cominhos em pó (muitooo), pimenta e chilli em flocos. Reguei com um pouquinho de vinho branco e no final juntei 1 abacate cortado em cubos (o abacate é só mesmo acrescentado no final, caso contrário fica amargo). Se gostarem também podem juntar feijão vermelho cozido, fica óptimo!

Acompanhei com arroz aromatizado Bom Sucesso.

Para o Guacamole misturei 1/4 de cebola, 1 abacate, 1 tomate, sumo de 1/2 lima, 1 dente de alho e reduzi tudo a creme com a varinha mágica.


quarta-feira, 8 de março de 2017

Skyr


Finalmente o Skyr ...
Por aqui a febre do Skyr começa finalmente a abrandar ... Se na semana passada às 9 horas já não havia nem um na prateleira pois o pessoal comprava-os às paletes , agora já dá para os encontrar à tarde, sem stress e em todos os sabores.
Geralmente faço os meus iogurtes em casa e regra geral passo sempre pela secção dos iogurtes sem nunca trazer nada. Mas com tanto reboliço sobre os novos iogurtes, acabei por ficar curiosa.
Trouxe dois naturais para experimentar. Gostei da listagem de ingredientes: leite magro, culturas de arranque e coalho microbiano, só isso mais nada. Parecem-me uns iogurtes bastante "limpos".
Os de sabores, depois de ler a composição deles optei por não trazer, demasiadas bruxarias e nomes esquisitos, quando comparados com o Skyr natural.
Hoje para o lanche bati o skyr natural com framboesas, meia banana e 1 morango. Aprovadíssimo